Notícias

Dia da Consciência Ecológica - 22 de dezembro

A celebração é um tributo a Chico Mendes que lutava contra a exploração e o desmatamento da Floresta Amazônica.

Comemorada no dia 22 de dezembro, a celebração é um tributo a Francisco Alves Mendes Filho, mais conhecido como Chico Mendes. O seringueiro, que lutava contra a exploração e o desmatamento da Floresta Amazônica, foi assassinado em 22 de dezembro de 1988, por fazendeiros do estado do Acre.

Chico Mendes foi um ecologista que deu a sua própria vida pela preservação da Amazônia. Em um dos seus discursos, o então herói parecia prever o que iria acontecer, porém não imaginava que, mesmo depois de sua morte, a luta apenas estava começando. "Se descesse um enviado dos céus e me garantisse que minha morte iria fortalecer nossa luta, até que valeria a pena. Mas a experiência nos ensina o contrário. Então eu quero viver. Ato público e enterro numeroso não salvarão a Amazônia. Quero viver", fala de Chico Mendes.

A consciência ecológica é um dos temas de maior evidência nos últimos anos. Seja desmatamento, aquecimento global ou lixões a céu aberto, precisamos preservar a natureza e lutar contra todas as formas de agressão a ela. Independentemente da idade, ser consciente é perceber que pequenos atos podem ajudar nessa luta. Um papel que é jogado no lixo, a coleta seletiva dos lixos domésticos ou uma manifestação para a preservação de uma reserva ambiental, embora envolva uma série de questões diferentes, representa um ato em favor da consciência ecológica.

Chico Mendes é apenas um dos nomes que marcaram a história do Brasil, milhares de outros “Chicos” estão espalhados por todo o país comprometidos com essa mesma causa. Não somente no dia 22 de dezembro, Dia da Consciência Ecológica, mas em todos os dias do ano, seja consciente e preserve a natureza. Faça a sua parte.

Conheça mais sobre a vida de Chico Mendes.

+ Notícias
Rua Antônio Mendes, 113 - São Benedito
Cep. 44573-300 Santo Antônio de Jesus - Ba
Tel.: (75) 3631-3911/3631-3440

Receba Novidades